terça-feira, 18 de março de 2008


Nasci de um beijo .

Trago toda a glória do desejo...

A ânsia do Universo.

Sou o tudo e o nada..

.Sou razão, clamor e emoção.

Dou vida e alegria,Sou luz,

Trago a graça e a desilusão,

Guio todos os corações humanos,

As vezes esqueço a razão

E vivo só da emoção.

Não me apresento e não

me convido...Entro sem

ser chamado.De repente,

apareço do nada

Me apodero de qualquer ser.

Sou abstrato...Ninguém ve,

E todos sentem o meu poder.

Sou delírio, loucura, força,vida,

alma e esplendor.Qual o meu nome?

Todos me chamam de AMOR...

desc autoria

Um comentário:

referencia@hotmail.com[2] disse...

as poesias que não tem o nome do autor,é porque desconheço a autoria assim se vc souber de quem é a autoria por favor me fala para dar os devidos creditos obrigado bjs